matérias Mais!

VOLTAR
2017_AÇAITERIA
23 Nov
O esporte que muda vidas
Conheça a história do professor de artes marciais Marcelo Biasi, que tirou da luta motivos para seguir em frente.

As artes marciais vêm ganhando grande número de adeptos ao redor do mundo. São inúmeros os benefícios para o corpo, com melhora do condicionamento físico, da flexibilidade,da respiração, melhora da postura e da coordenação motora. Por sua vez, esses exercícios relaxam e aumentam os reflexos. Segundo o professor de artes marciais, Marcelo Biasi, aprática de qualquer modalidade é essencial para ter um bom desenvolvimento físico, mental e social.

 

A infância do professor Marcelo Biasifoi marcada por uma experiência traumática. Seu pai foi vítima da violência urbana e, desde cedo, Marcelo teve que lidar com a dor do luto, tornando-se inseguro em algumas situações cotidianas.“Eu era introvertido e muito tímido, não me relacionava muito bem com as pessoas, nem mesmo com a minha família. Tinha medo, me sentia inseguro, não acreditava que seria capaz de realizar meus sonhos, ou seja, me sentia um fracassado. Foi através dos filmes de luta que comecei a me interessar por artes marciais. Foi ai que comecei treinar luta”, conta Marcelo.

 

Com 10 anos entrou na modalidade Karajuca (junção de um estilo Karate com o Jiu-jitsu arcaico) com o professor Jeferson Faverão em Cafelândia. “Ali foi uma base excelente para construção do meu caráter, pois lá tive muita disciplina, respeito à hierarquia e aprendi a ser mais confiante”, explica.

 

Passado alguns anos Marcelo conta que migrou para o Kickboxing, e foi aí que se encontrou no mundo da luta. “Participei de vários campeonatos, alguns logrei êxito e outros não, e foram nas derrotas que mais aprendi e vi em que poderia melhorar nas próximas competições”.

 

Marcelo revela que no mundo da luta o maior desafio não é o oponente, mas sim opróprio limite.Ele conta que muitas pessoas procuram na luta uma válvula de escape contra o stress do trabalho, e os alunos acabam desenvolvendo interação um com os outros, tornando as aulas mais prazerosas.

 

Em média, uma aula de Kickboxing/MuayThai gera uma queima de 500 calorias em 60 minutos, envolvendo exercícios físicos funcionais para arte marcial, técnicas e combinações de socos e chutes. Os exercícios trabalham a capacidade aeróbica, resistência muscular, a flexibilidade e coordenação motora, gerando o bem-estar e saúde do praticante.

 

Descubra sua modalidade preferida e matricule-se já. O professor Marcelo Biasi atende na Cross Eagles, que fica em Lins, na Rua José Pacho nº 550, bairro Fortaleza. Para mais informações, entre em contato através do fone (14) 99836-8818.



Texto: Isadora Carvalho | Fotos: Acervo Pessoal


Comentário
Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Mensagem (obrigatório)
Enviar


twitterMais!
facebookMais!
instagramMais!
© Copyright 2014, Mais Magazine. Todos os direitos reservados.